quinta-feira, 15 de junho de 2017

NÃO DÁ PRA TAPAR O SOL COM UMA PENEIRA



A exaustividade está fadada ao fracasso. Vemos um apelo desmedido ao ocorrido na Câmara Municipal de Guamaré na última sessão. 

Mas, há algo que não pode calar - apesar desse ser o intuito da base do governo - e é por demais sério e grave. O TCE-RN (Tribunal de Contas do Estado), reprovou e contestou as prestações de contas e a gestão de Eudes Miranda à frente da Câmara, e o multou. Mas, como sabemos que a inadimplencia é pratica recorrente, haja vista seu irmão Helio Miranda, gestor INTERINO, ter permitido um protesto com o nome da prefeitura pelo valor de R$ 30,00 (trinta reais), a pena pecuniária em face aos descumprimentos das normativas do tribunal, não fora paga. Sendo assim, até o dia 7 de março deste ano, já percorria a cifra de 75 mil reais. Não esquecendo, que esta multa cresce 300 reais a cada dia de seu inadimplemento.




Incrivelmente, como isso chegou a acontecer numa casa que "era tão bem administrada"? Infelizmente, Eudes não é insolvente, tem sim ele condições de quitar esta dívida ativa. Claro, cavalos em baias climatizadas, recebem muito mais zelo e atenção do que o povo, que é a quem o edil deve prestar satisfações públicas, principalmente quando se fala no dinheiro que pertence ao povo. A população não dispõe de apartamento em Natal pra se hospedar em caso de necessidade, tampouco possuem um Porsche para se locomover. 

O processo do TCE está "descendo", e com isso, os ânimos ficam extremecidos e fragilizados, e certamente qualquer meio para desviar o foco é bem vindo, e no momento estão usando a encenação para cegar os olhos dos que buscam a justiça em Guamaré. Ato falho! A sociedade não se calará, tampouco se omitirá de investigar tudo e tudo.

NÃO DÁ PRA TAPAR O SOL COM UMA PENEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja respeitoso. Os comentários serão moderados, caso haja algum desrespeito serão excluídos.