sexta-feira, 23 de junho de 2017

PM'S TÊM PRISÃO REVOGADA EM MOSSORÓ

Resultado de imagem para OPERAÇÃO INTOCAVEIS

Finalmente em Mossoró começa a se fazer justiça. Depois de um ano, três dos cinco policiais militares que estavam presos pela Operação Os Intocáveis tiveram suas prisões revogadas pelo judiciário. 

O sargento Renixon e os soldados Nogueira e Alan desde junho do ano passado vinham sendo execrados e constrangidos por esta prisão ilegítima, mas agora a premissa da justiça de "dar a cada o que é seu..." se cumpriu nos ilustres policiais, e enfim tiveram sua injusta prisão revogada nesta quinta. Neste diapasão, a acusação que pairava sobre eles, se torna cada dia mais frágil e sem argumentos necessários à aplicação de pena restritiva de liberdade. 

Na corporação houve grande euforia pelo retorno dos policiais aos seus postos, fato que jamais deveria ter ocorrido, haja vista os mesmo não possuírem nada que os ligue aos fatos aduzidos. Contrariamente, logo após o ocorrido das prisões, o índice de violência só tem crescido na região Oeste do RN, provando que há nexo de causalidade entre os policiais e os homicídios. 

Apesar de muito festejada, a liberdade não foi completa a todos os policiais. Ainda dois deles aguardam o mesmo benefício, ou seja, eles aguardam o efeito extensivo. Nada mais justo, vendo que se três já obtiveram liberdade, que os demais também sejam alcançados pela justiça. Agora é esperar, mas sabendo que esta é só a primeira vitória dos policiais, que aguardam o desfecho feliz de todo este embrolho. E surgem os questionamentos: Este sofrimento será compensado pelo Estado? A dor dos familiares destes cinco homens será sanado? O Estado fomentará toda a estrutura ao retorno deles à vida social, a corporação, e ao convívio com os familiares? Com a palavra os que possuem o direito e obrigação de responder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja respeitoso. Os comentários serão moderados, caso haja algum desrespeito serão excluídos.