quarta-feira, 19 de julho de 2017

SALÁRIOS ATRASADOS IMPEDEM CONTINUAÇÃO DA BARRAGEM DE OITICICA

Resultado de imagem para barragem oiticica

As obras da Barragem de Oiticica, na região do Seridó, estão paralisadas em função do atraso do pagamentos dos funcionários. Segundo eles, o consórcio responsável pelas obras não paga os salários faz dois meses.  Uma nota foi emitida pela Secretaria Estadual de Recursos Hídricos, explicando que o atraso no repasse de recursos federais impediu a quitação dos compromissos, entretanto o dinheiro já entrou na conta e que o pagamento deve ser feito até a sexta-feira (21). 

A barragem que fica em Jucurutu, a pouco mais de 260 quilômetros de Natal. será uma porta de escape ao povo seridoense, que a muito vem sofrendo com períodos intensos de estiagem, que trazem a sequidão à região.

As obras de Oiticica começaram efetivamente em 2013. Desde então, já foram interrompidas várias vezes, quase sempre por causa de atrasos no pagamento dos salários dos operários.

Por causa dos constantes retardos no repasse de recursos, a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos anunciou que o reservatório vai custar e demorar mais para ficar pronto. Inicialmente orçada em R$ 311 milhões, o valor total da barragem deve passar dos R$ 415 milhões. Já o novo prazo de conclusão, passou para 2018 (sem mês definido).

Enquanto as informações não batem, o povo do Seridó vai sofrendo dia após dia com a seca, que parece sem fim. O abastecimento de água - ou daquilo que se chama, haja vista em muitas cidades a qualidade da água está em patamares de insalubridade - vai piorando, a escassez chegando, as cidades sofrendo e o povo gemendo sem o essencial à sua sobrevivência. 

Apesar da barragem se encontrar no Seridó potiguar, essa dor da falta de água não se faz apenas lá, mas em outras cidades a água também não chega, e as torneiras ressecam, e a comunidade vai sofrendo cada dia mais. Realmente, a falta de infraestrutura que o estado deveria fomentar para regularizar o abastecimento em todas as cidades capenga a cada dia, fazendo do Rio Grande do Norte um estado sem água, e SEM GOVERNO. 

Quando o potiguar vai conseguir viver? Pois até então estão apenas "escapando pra viver".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja respeitoso. Os comentários serão moderados, caso haja algum desrespeito serão excluídos.

Postagens mais visitadas

LIVRE TV AO VIVO