domingo, 30 de abril de 2017

AH GUAMARÉ, TU FOSTES ESQUECIDA POR AQUELES QUE SE DIZIAM SEUS FILHOS!



Administrar bem uma cidade não ficou pra todo mundo... Em visita in loco, na hospitaleira, altaneira e estonteante Guamaré, podemos vislumbrar que as belezas naturais, outrora invejáveis, hoje encontram-se abandonadas pelo desprezo de uma gestão fraudulenta e descomprometida com a cidade, destruindo a passos largos tudo que tem-se a oferecer. 

O lixo invade as ruas de toda a cidade, piorando pelos distritos. No mesmo sentido da balbúrdia administrativa, os acessos às belezas naturais, por exemplo a Praia do Amaro, estão intransitáveis, piorados pelas intensas chuvas das últimas horas. Se não bastasse isso, os alagamentos em Salina da Cruz e no Quilombo, chegam a invadir as residências. E, por falar no Quilombo, a pavimentação tão cara, que deveria ser um benefício à população, se apresenta como um risco iminente, pois já apresenta buracos, ou melhor, CRATERAS em toda a sua extensão, sem falar de postes colocados no meio das vias, impossibilitando a passagem de dois carros ao mesmo tempo. E, o mais incrível, é que as casas populares, recém construídas, já apresentam infiltrações imensas, piorando a qualidade de vida dos moradores. 

Para que se falar em turismo, se não há a menor estrutura aos cidadãos, quem dirá aqueles que podem vir a conhecer a cidade? É preciso ter moralidade e vergonha na cara, e começar a cobrar do gestor INTERINO que assuma suas responsabilidades, e não fique perambulando por ai, forçando a justiça a lhe dar provimento em seu processo de INELEGIBILIDADE.

Fizeram pedido de sugestões para melhoria de Guamaré, então diante do visto hoje, lá vão elas:



  1. RETIRADA IMEDIATA DE HELIO MIRANDA DA PREFEITURA;
  2. Realizar uma reestruturação do Plano Piloto da cidade;
  3. Passar a dar mais atenção ao público e deixar de pensar só no privado;
  4. Colocar em prática a coleta seletiva de lixo, e incorporar que a coleta seja feita de maneira constante;
  5. Organizar os projetos de engenharia de obras públicas, já que Guamaré tem mais de 15 profissionais da área ociosos, pois não existe demanda de obras para tantos;
  6. Realizar pavimentação de boa qualidade nos acessos às praias da cidade, para que assim, se divulgue a cidade aos turistas.

Ah, Guamaré, tu fostes esquecida por AQUELES QUE SE DIZIAM SEUS FILHOS!









































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja respeitoso. Os comentários serão moderados, caso haja algum desrespeito serão excluídos.