domingo, 23 de abril de 2017

MOSSORÓ: PROTESTO CONTRA PRISÃO IRREGULAR DE POLICIAIS



Ontem (22), em Mossoró, capital do Oeste Potiguar, A Polícia Militar, a Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Agentes Penitenciários e demais agentes da segurança do RN e familiares foram às ruas protestar contra a prisão ilegítima e irregular de 6 policiais militares que são acusados de participação em um "grupo de extermínio". 

É bem sabido a todos que labutam na segurança pública, o caso dos policiais presos na Operação Os Intocáveis da Polícia Civil e Força Nacional na região Oeste, que investigava o alto índice de homicídios em Mossoró e Região, atribuindo este fato a um grupo de extermínio, que, em tese, seria integrado por estes policiais. Só que, até o momento, quase 11 meses depois, nada foi provado, tampouco houve materialização da culpa dos policiais neste fato. Inclusive, a taxa de mortes violentas na região aumentou 120%, logo após a prisão irregular dos policiais, mostrando-se incoerente com o argumento apresentado pelo Ministério Público sobre os praças. 







Certamente, em consórcio ao fato, a sociedade mossoroense está alarmada a tantas mortes violentas e participou neste sábado do ato em protesto à estas prisões ilegais. O povo de Mossoró sempre viu nestes 6 policiais um ombro amigo e segurança à cidade, que hoje teve seu efetivo reduzido por um capricho da justiça potiguar. Com certeza, todos, inclusive o Estado e seu povo, perdem muito com estes nobres e honrados policiais encarcerados sem a menor comprovação de culpabilidade.

Saímos em defesa da Honrosa e Altaneira Policia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, que já não aguenta tanta perseguição do Ministério Público, que deveria cumprir seu papel primordial, que é a busca da justiça. Então, que assim se faça! 

LIBERDADE JÁ AOS POLICIAIS PRESOS ILEGALMENTE!

Veja o vídeo da manifestação:


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja respeitoso. Os comentários serão moderados, caso haja algum desrespeito serão excluídos.

Postagens mais visitadas